1 de abril de 2024

|

Por: Apelmat

|

Categorias: destaques, Equipamentos

Makro adquire guindastes da XCMG

A unidade brasileira da chinesa XCMG entregou os quatro últimos – de um total de 21 – guindastes para a Makro Engenharia. Parte dos equipamentos foram entregues no ano passado e parte neste ano, e completam a frota de mais de mil equipamentos da companhia.

Segundo Paulo Robson Oliveira, diretor comercial da Makro, “a expectativa frente ao fechamento de contratos é de atingirmos 300 equipamentos, entre guindastes, guindautos e empilhadeiras [em 2024]”. “De fato, estamos buscando uma parceria forte, envolvendo diversas questões técnicas, contratuais e comerciais. Pelo trabalho realizado, entendemos que estamos prontos para buscar a renovação e expansão de nossa frota, até porque estamos investindo em inovação e tecnologia, e entendemos que a XCMG poderá ser um excelente parceiro para avançarmos nessa pauta. O desafio será a confiabilidade dos equipamentos, pós-venda (peças e serviços), condições comerciais e técnicas atrativas”, disse.

Leia também:

XCMG lança três equipamentos para construção pesada e mineração 

Parceria da Makro com a XCMG

A XCMG, por sua vez, se demonstra confiante para as possibilidades de novos negócios com a Makro. Geraldo Peleje, gerente de vendas da empresa no Brasil, disse que a Makro é uma empresa de grande relevância no segmento de guindastes e equipamentos pesados, além de ser um dos maiores players do segmento eólico no Brasil. Para ele, os guindastes XCMG atendem as normas de segurança necessárias para esse segmento tão específico e “isso tudo faz com que a parceria [com a Makro] seja um case de sucesso”. 

Segundo a Makro, as rodadas de negociações para avaliação técnica e comercial caminham a passos largos. “Avaliamos alguns fornecedores e fizemos rodada de negócios com grandes players do mercado, sendo a XCMG vencedora em vários pacotes. Acreditamos que essa parceria poderá ser expandida e já iniciamos a compra de empilhadeiras de pequeno e grande porte”, disse Paulo Robson Oliveira.